Plano dos avisos de abertura de candidaturas ao FEDER, FSE e Fundo de Coesão - Última versão

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Abertura de candidaturas para Cursos Profissionais


/pt-pt/PublishingImages/Fotolia_98225959_Subscription_Monthly_XXL.jpg

O concurso a candidaturas para os Cursos Profissionais, financiadas pelo Fundo Social Europeu (FSE) e distribuídas pelas três Regiões de intervenção do PO CH (Norte, Centro e Alentejo), encontra-se aberto até ao próximo dia 31 de Agosto.


Convidam-se as Escolas profissionais públicas e Entidades proprietárias de escolas profissionais privadas, Estabelecimentos públicos de educação, Entidades proprietárias de estabelecimentos de ensino particular e cooperativo e o Turismo de Portugal, I.P. enquanto organismo que tutela as escolas de hotelaria e turismo, a formalizar a sua candidatura, até às 18 horas do 31 dia de agosto no balcão 2020, conforme definido no respetivo aviso de abertura de candidaturas.
Os Cursos Profissionais são um dos percursos de nível secundário de educação e formação de carácter dual – a formação é realizada em contexto escolar e em contexto de trabalho, tendo por isso uma forte ligação ao mundo laboral. A aprendizagem realizada nestes cursos valoriza o desenvolvimento de capacidades para o exercício de uma profissão, em articulação com o setor empregador local, privilegiando-se, assim, as ofertas educativas/formativas que correspondam às necessidades locais e regionais do mercado de trabalho.
Dúvidas ou questões relacionadas com as candidaturas devem ser remetidas para o endereço de correio eletrónico do PO CH, ou para o suporte do Portugal 2020.

Formação contínua de docentes e gestores escolares

Abertura de Candidaturas POCH, para formação contínua de docentes e gestores escolares.
Data de início: 27-06-2016 
Data de encerramento: 20-12-2016
Acesso Balcão 2020 para submissão de candidaturas

Debate sobre a Educação e Formação de Adultos (POCH)

No passado dia 15 de julho realizou-se II Seminário Nacional de Educação e Formação de Adultos, no Porto, com a presença do Secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita e do presidente da Comissão Diretiva do PO CH – Programa Operacional Capital Humano, Joaquim Bernardo. 
​Organizado pela APEFA - Associação Portuguesa de Educação e Formação de Adultos, o evento iniciou-se com uma mensagem escrita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que alertou para o facto da educação de adultos nunca se ter constituído "como prioridade política continuada no tempo, perpetuando, assim, os baixos níveis de escolarização e condicionando a nossa afirmação num mundo cada vez mais competitivo à escala global".
O Presidente da República destacou que a "aposta na educação de adultos reclama um alargado compromisso das forças políticas", deixando uma mensagem para todos os portugueses: "Considero este compromisso essencial para reduzirmos as desigualdades geracionais e territoriais, bem como para dotarmos o país de uma força de trabalho mais qualificada e de cidadãos mais exigentes e solidários", concluiu.
Com cerca de 200 pessoas na plateia e uma dezena de oradores convidados, o evento serviu como um espaço de debate sobre a temática da educação e formação de adultos no contexto nacional, as prioridades e as necessidades atuais, com perspetivas diversas sobre a importância que a aprendizagem ao longo da vida tem para a população portuguesa no seu desenvolvimento pessoal e profissional.
 

Joaquim Bernardo, presidente da Comissão Diretiva do PO CH, destacou na sua intervenção a "importância central que os fundos europeus, em especial o FSE, têm desempenhado no apoio às políticas públicas de educação e formação de adultos no passado recente e, no presente, no contexto do Portugal 2020". 
O responsável sublinhou o papel do PO CH no financiamento dos cursos de educação e formação de adultos e dos atuais Centros para a Qualificação e Ensino Profissional, dando nota de destaque "para a relevância de outros Programas Operacionais do Portugal 2020 no apoio a outras medidas de política pública nesta área, com realce para as formações modulares certificadas, financiadas sobretudo pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego".
APEFA apela a mais investimento
O presidente da APEFA, Armando Loureiro, destacou a necessidade de "encontrar caminhos de atuação para a institucionalização de políticas públicas de Educação e Formação de Adultos, atentas às diversidades, especificidades e geografias territoriais, libertas de agendas e de estratégias tático-político-partidárias, oportunas e convenientes", deixando um desafio aos presentes: "Urge prospetivar políticas públicas de Educação de Adultos, estruturadas, continuadas e sistémicas, de intervenção e comprometidas com a pluralidade, inclusivas, endógenas e atentas às pessoas", finalizou.
Consulte AQUI:
Noticia completa no website do PO CH.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Plano de Avisos 2016 do Portugal 2020 (atualizado)

Foi atualizado, a 21 de julho de 2016, o Plano Geral de Avisos de Abertura de Candidaturas aos diversos Programas Operacionais que fazem parte do Portugal 2020.
O Plano está organizado por Tipologia de Intervenção e apresenta um Calendário com a previsão de Abertura e Encerramento de cada um dos Avisos.  
O Plano Geral de Avisos de Abertura de Candidaturas encontra-se disponível para consulta e download, nas versões Excel e PDF, no separador Planos de Avisos de Abertura de Candidaturas deste portal.