Plano dos avisos de abertura de candidaturas ao FEDER, FSE e Fundo de Coesão - Última versão

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Cursos Profissionais com adiantamentos até 45%

A Comissão Interministerial de Coordenação do Portugal 2020 aprovou um sistema de financiamento que permite adiantamentos até ao máximo de 45% do total do valor aprovado, para as candidaturas apresentadas este ano no âmbito dos Cursos Profissionais.

​Esta deliberação produz efeitos para os Avisos de Apresentação de Candidaturas do corrente ano  aos Cursos Profissionais, financiados pelo Fundo Social Europeu (FSE) no âmbito do PO CH e do Programa Operacional Regional de Lisboa.

A decisão decorre do excecional esforço financeiro suportado pelas entidades do sistema de educação e formação na concretização das políticas públicas dirigidas à qualificação e certificação escolar e profissional de jovens e cuja continuidade importa assegurar no âmbito do Portugal 2020, sem interrupções, através de um adequado nível de cofinanciamento FSE.
Para o presidente da Comissão Diretiva do PO CH, Joaquim Bernardo, "esta medida constitui um estímulo adicional para o bom desenvolvimento dos projetos aprovados no âmbito do PO CH, em linha com o esforço de assegurar uma maior estabilidade ao financiamento dos cursos profissionais".
No domínio do Capital Humano trata-se do maior concurso de sempre em termos de valores financeiros, com 321 projetos divididos por escolas públicas, escolas profissionais públicas e pelo Turismo de Portugal, I.P, que tutela as escolas de hotelaria e turismo, o que corresponde a 65% das candidaturas apresentadas. As escolas profissionais privadas e os estabelecimentos de ensino particular e cooperativo submeteram 175 projetos no Balcão 2020, com um peso de 35% em termos globais.

Sem comentários:

Enviar um comentário